Arquivo do Autor: Antonio Pereira

Sem acordo, servidores municipais de Maceió podem decretar GREVE em Assembleia Geral marcada para esta terça (5)

Não houve acordo entre os trabalhadores municipais de Maceió e a prefeitura na reunião realizada nesta segunda-feira (4) na Secretaria de Gestão, com a presença do secretário de Gestão, Reinaldo Braga.

Com a falta de uma perspectiva de acordo, não está descartada uma greve por tempo indeterminado que pode decidida nesta terça-feira (5) em Assembleia Geral de todas as categorias, marcada para o ginásio do Clube Fênix, a partir das 9 horas da manhã.

Presente à reunião, os representantes do SINDPREV-AL apontaram a necessidade urgente de reajuste, cujas perdas salariais dos últimos anos já alcança mais de 15%. Além disso, o SINDPREV-AL denunciou o grande número de contratações de terceirizados como um dos motivos para o aumento dos custos da prefeitura, além de prejudicar o serviço público como um todo.

O presidente do SINDPREV-AL, Célio dos Santos, defendeu a realização de novas reuniões e novas mobilizações das categorias para garantir melhores condições de trabalho e de salários para todos os servidores.

Na semana passada aconteceu uma paralisação de advertência de 48 horas

Além do SINDPREV-AL, participaram da reunião os representantes dos sindicatos dos Agentes Comunitários (Sindacs/AL), dos Trabalhadores da Companhia Municipal de Administração, RH e Patrimônio (Sintcomarhp), dos Assistentes Sociais do Estado de Alagoas (Saseal),  dos Servidores Públicos do Município de Maceió (Sindspref/AL), dos Guardas Municipais de Maceió (Sindguarda/AL), dos Servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Sindsaude) e dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal).

INSS orienta serviços de Gestão de pessoas autorizar, nacionalmente, abono de ponto por causa da greve dos caminhoneiros

Veja abaixo memorando da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP) do INSS: 

“INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL
Memorando-Circular no 15 /DGP/INSS
Às Chefias das Unidades de Gestão de Pessoas na Direção Central, nas Superintendências Regionais e Unidades Operacionais de Gestão de Pessoas nas Gerências-Executivas.
Assunto: Greve dos Caminhoneiros e Deslocamento de Servidores
1. Tendo em vista as dificuldades de deslocamento enfrentadas pelos servidores, de suas residências para os locais de trabalho e vice-versa, decorrente da redução/paralisação dos serviços de transportes coletivos, bem como a falta de combustíveis, em razão da greve dos caminhoneiros, orienta-se que referida ocorrência se vincula ao regramento estabelecido no art. 44 da Lei no 8.112, de 1990, qual seja:
Art. 44. O servidor perderá:
I – a remuneração do dia em que faltar ao serviço, sem motivo justificado; (Redação dada pela Lei no 9.527, de 10.12.97)
II – a parcela de remuneração diária, proporcional aos atrasos, ausências justificadas, ressalvadas as concessões de que trata o art. 97, e saídas antecipadas, salvo na hipótese de compensação de horário, até o mês subsequente ao da ocorrência, a ser estabelecida pela chefia imediata. (Redação dada pela Lei no 9.527, de 10.12.97)
Parágrafo único. As faltas justificadas decorrentes de caso fortuito ou de força maior poderão ser compensadas a critério da chefia imediata, sendo assim consideradas como efetivo exercício. (Incluído pela Lei no 9.527, de 10.12.97)
2. Ainda, tendo por base as disposições da Nota Técnica no 2077/2016-MP, as ausências justificadas sob essa motivação enquadram-se como falta justificada:
6. Então, à luz dessa conclusão, as faltas justificadas aqui entendidas como aquelas que, diante dos princípios da Administração, especialmente os da moralidade, legalidade e razoabilidade, são aceitas pela chefia imediata como tal, e por isso aptas à compensação respectiva, até o mês subsequente ao da ocorrência do fato quando integralmente compensadas, não ensejarão
desconto na remuneração e serão consideradas como de efetivo exercício.
3. Contudo, dada a repercussão do movimento grevista, informa-se da possibilidade de abono, para os atrasos, saídas antecipadas e ausências justificadas, o qual competirá a respectiva chefia imediata, mediante avaliação da situação individual de seus respectivos servidores.
Atenciosamente,
Em 29 de maio de 2018.
ALEXANDRE GUIMARÃES
Diretor de Gestão de Pessoas”

 

1

Servidores municipais da Saúde, Assistência e Educação de Santana do Ipanema realizam paralisação e passeata

Insatisfeitos por não receber proposta de reajuste por parte do prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões (MDB), servidores públicos da Saúde, Assistência Social e Educação realizaram uma paralisação de advertência com grande manifestação pelas ruas da cidade nesta quarta-feira (30).

Os trabalhadores são liderados pelo SINDPREV-AL e SINTEAL que vêm tentando uma negociação com a prefeitura, que insiste em não apresentar nenhuma proposta concreta de reajuste.

Nota de Falecimento: Estevão Oliveira

É com muito pesar que o SINDPREV-AL informa o falecimento do líder do movimento social, Estevão Oliveira (54 anos), vítima de um câncer fulminante.

Estevão foi um dos primeiros presidentes da União dos Estudantes Secundaristas de Alagoas (UESA) após a ditadura militar. Ele também foi diretor destacado da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e da União da Juventude Socialista. Como dirigente partidário, Estevão Oliveira fez parte do Partido Comunista do Brasil  (PCdoB) e Partido dos Trabalhadores (PT), do qual foi presidente do Diretório Municipal de Maceió.

O velório do militante social acontece no Cemitério Memorial Parque, localizado no Benedito Bentes. O sepultamento está marcado para às 17 horas de hoje.

Estevão Oliveira (primeiro da esquerda em pé) durante prisão de vários militantes por participação na Greve Geral da década de 80.

Leia alguns depoimentos nas redes sociais de pessoas que lutaram com Estevão:

Célio dos Santos – Presidente do SINDPREV-AL

Em 1985 disputei minha primeira eleição, Grêmio estudantil da escola Moreira e Silva, ao lado do Companheiro Estevão visitando todas as salas de aula, no final uma grande vitória contra a chapa apoida pela direção do escola, depois de longos 33 anos ele continuava com o mesmo entusiasmo pela luta de classe.
Companheiro Estevão PRESENTE!

Sandra Lira – Professora

“Estevão Oliveira, militante político desde o movimento estudantil secundarista, revolucionário, dedicou-se à luta pela transformação social. Nos deixou na noite dessa terça (29.05.18) após resistir bravamente ao processo de doença.
Dá vontade de dizer: “Estevão deixa de brincadeira, levanta daí.” Mas o fluxo da Vida girou mais uma vez seu ciclo: vida/morte. E lá se vai Estevão deixando uma imensa lacuna em nós e o exemplo de desprendimento, determinação e uma alegria e leveza juvenil que ele manteve ao longo da vida. E que esteja na luz e na paz.”

Manasses – Diretor do Sindprev

Conheci Estêvão em 1989,quando participei do grêmio livre na escola moreira e silva,ele na direção da UESA e cordenador da UJS,tive boas aulas de lideranca e a inspiração para a luta.Vai em paz guerreiro.

Ronaldo Alcântara – Diretor do Sindprev

Minha geração está virando marcos na estrada da história a iluminar e apontar o caminho que devemos seguir. Estêvão cumpriu o seu papel com honra e muita dignidade. Estêvão foi um grande companheiro, um amigo que sempre tinha uma palavra de otimismo ornada por um sorriso que nos trazia muita confiança. Um grande Camarada.😔 Sentiremos sua falta. Que sua alma encontre descanso.

Meus pêsames à Bethânia e a todos os seus amigos de infância e militância no movimento estudantil. Estêvão foi um professor de política.

Antonio Pereira – Jornalista

Lamentável. Perdemos um herói do povo brasileiro. Estevão dedicou toda sua vida na luta por uma sociedade igualitária. Que seu espírito revolucionário permaneça, principalmente agora em tempos de nevoeiro.

Flávio Miguel – Jornalista

A tristeza é fato. Só que não podemos deixar ela nos abater. Tenho certeza que não é assim que o Camarada Estevão Oliveira gostaria de nos ver reagir agora. Exemplar militante, começamos juntos no movimento estudantil secundarista. Militamos no mesmo organismo, na mesma célula. Iniciamos nossa vida política no Partido Comunista do Brasil (PC do B) e depois no Partido dos Trabalhadores (PT). Apesar dos caminhos diferentes postos pela vida, estivemos sempre do mesmo lado. Para o Camarada Estevão a opção de desistir nunca existiu. O seu exemplo era o de lutar por um mundo melhor. Fica sua lição de vida. Estevão presente!!!

José Roberto Amaral – Ex-presidente do Sindicato dos Bancários

Estevão eu conheci na militância no PCdoB. Poucos, em minha vida, conheci com tamanha abnegação. Que espírito permanente de Luta. Ainda por cima, para uma pontinha de inveja minha, demonstrava o equilíbrio, generosidade e paciência aliados à sua firmeza ideológica, alguns atributos nos quais sempre tive debilidades.

Abriu mão, Estevão, de qualquer projeto pessoal de vida. Sua existência sempre foi dedicada integralmente ao coletivo.
Que exemplo nos deixa tão brilhante figura humana. Hoje, minha alma está profundamente triste. A única forma de homenagear e fazer valer sua trajetória de vida, é não deixar baixar a guarda nunca, na árdua luta pela construção de uma sociedade justa e igualitária.
Estevão, amigo e camarada, você me inspira e me fortalece. Muito triste hoje. Nunca te esqueceremos.

Pedro Cabral – Arquiteto – Professor da Ufal
Thomaz Beltrão – Engenheiro – Ex-vereador de Maceió

Estevão sempre foi um militante leal. De extrema cordialidade. Esta é uma triste notícia. Morreu muito jovem. Sem palavras para o amigo.

É com enorme tristeza que informamos o falecimento de um grande revolucionário alagoano,Estevão Oliveira. Ainda jovem secundarista enfrentou com bravura a ditadura militar. Prosseguiu com intensa militância a vida inteira integrando a esquerda alagoana. Foi membro do PC do B e mais recentemente do Partido dos trabalhadores. O mínimo que se pode dizer de sua trajetória de vida é que foi um militante brilhante e defensor intransigente de um mundo melhor. ESTEVÃO OLIVEIRA, PRESENTE!!!

Carlos Amaral – Jornalista

Na noite desta terça-feira (29), Estevão Oliveira faleceu em decorrência de complicações após ser operado de um tumor na cabeça. Para mim, ele sempre foi uma referência. Quando iniciei militância política – hoje estou afastado de tudo por causa da minha profissão – , Estevão foi o cara que sempre nos guiava, orientava e, por muitas vezes, se preocupava mais com as nossas tarefas do que nós mesmos. Quando uso o “nós” me refiro a quem participava comigo dos movimentos de juventude, estudantil e partidária. 

 

 

SINDPREV-AL tem atuação destacada durante paralisação dos servidores municipais de Maceió

A participação dos dirigentes do SINDPREV-AL e servidores da base aconteceu de forma destacada no primeiro dia de paralisação dos servidores municipais de Maceió.

Nesta segunda-feira (28), a atividade seguiu orientação do Movimento Unificado de Servidoras/es Públicas/os do Município de Maceió, realizando caminhada no Centro de Maceió e ato público com bloqueio da rua da Secretaria Municipal de Gestão (SEMGE). Os/as trabalhadores/as também fizeram um ato relâmpago na secretaria municipal de Finanças.

O Movimento Unificado reivindica que a prefeitura apresente um percentual de reajuste salarial. Há também a exigência do pagamento das progressões salariais, conquistadas no Plano de Cargos e Carreira – PCC. Estas progressões beneficiam todas as categorias do serviço público municipal e devem ser implantadas pela prefeitura.

Hoje (29) haverá convocação em todos os locais de trabalho para uma vigília no próximo dia 4 de junho (Segunda-feira), às 16 horas, em frente a Secretaria Municipal de Gestão (SEMGE). No dia 5 de junho (Terça-feira) haverá uma grande Assembleia Geral Unificada de todas as categorias no Clube Fênix, Praia da Avenida.

« Entradas mais antigos Entradas recentes »