Arquivo da categoria: DestaquesCentral

No terceiro dia de GREVE, trabalhadores municipais de Maceió realizam ato em frente a SEMGE

Como forma de mobilização e pressão, centenas de trabalhadores municipais de Maceió estão desde as primeiras horas desta sexta-feira em frente ao prédio da Secretaria de Gestão (SEMGE) – Centro de Maceió – como forma de pressão junto aos gestores no sentido de retomar as negociações e encaminhar uma proposta de reajuste digno para o funcionalismo.

Os profissionais buscam um reajuste de 15,41% de reposição inflacionária. Porém, o Município sinalizou com apenas 3%, sem retroatividade.

Com o protesto, os servidores bloquearam parcialmente a entrada da Secretaria.

Antes do Ato de protesto foi servido um café da manhã para os manifestantes e também para o público em geral.

 

Diretores do SINDPREV-AL convocam servidores da Saúde Municipal de Maceió para grande ato de Greve na sexta-feira (20)

Diretores do SINDPREV-AL estão percorrendo os locais de trabalho para convocar a categoria para participar do grande ato público de Greve na próxima sexta-feira (20), a partir das 7 horas da manhã, em frente ao prédio da Secretaria de Gestão (SEMGE).

Posto de Saúde do conjunto João Sampaio, em Maceió

Mobilização dos servidores unidade de saúde Pimentel Amorim, no bairro Salvador Lyra

Visita ao Laclin

Nova Ação Judicial da Gratificação do PSF dos servidores municipais de Maceió filiados aos SINDPREV-AL

Se você é servidor da Saúde Municipal de Maceió e filiado ao SINDPREV-AL, procure o Departamento Jurídico – Rua Dr. Mizael Domingues, 324, Centro – Em frente ao Estacionamento do PAM Salgadinho
Documentos Necessários:

1 – RG
2 – Ficha Financeira dos últimos
10 (dez) anos
3 – Comprovante de residência em nome
do Autor da Ação
4 – Portaria de nomeação
5 – Ficha funcional.

Dirigentes de sindicatos federais realizam reunião ampliada na CNTSS

Reunião tem como pautas principais as organizações interna e das lutas, desafios da conjuntura nacional e ação conjunta com demais entidades dos servidores

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social realizou reunião ampliada dos dirigentes de sindicatos representativos dos servidores federais, nos dias 17 e 18 de julho, em Brasília, no antigo auditória da CUT – Central Única dos Trabalhadores. Pelo SINDPREV-AL participaram os diretores: Célio dos Santos, Lucia Santos, Goretti Nascimento e Ronaldo Alcântara

 

A reunião desta semana teve como eixos centrais de suas discussões uma atualização da conjuntura nacional e os desafios colocados aos sindicatos do setor federal. Faz parte da proposta dos coordenadores do encontro que sejam realizadas discussões sobre as formas e estruturas de organização destas entidades dentro da Confederação e também nas suas lutas em defesa dos trabalhadores deste segmento. Outro item da pauta que terá destaque diz respeito a construção coletiva das mobilizações feitas em conjunto com outras entidades nacionais de defesa dos servidores públicos federais.

 

As medidas conservadoras e neoliberais do governo golpista interferem fortemente na vida profissional e no campo de atuação dos servidores públicos federais. São todas iniciativas que atacam diretamente as políticas de Seguridade Social, que compreendem as áreas de Saúde, Assistência e Previdência Social. São múltiplas situações que levam às priorizações das questões de organização ao mesmo tempo em que se discute os desafios e as estratégias de resistência e luta a serem observados para garantir a manutenção e ampliação de direitos dos trabalhadores.

O presidente da Confederação, Sandro Alex de Oliveira Cezar, em suas avaliações realizadas na reunião de março já apontava para os obstáculos que a classe trabalhadora e a sociedade precisam vencer para barras os retrocessos das políticas de Temer. “Não podemos permitir este congelamento de investimentos em políticas, serviços e salários. A sociedade e os servidores públicos federais não podem ser penalizados desta forma. Queremos melhores condições e relações de trabalho. Isto inclui salários dignos para os trabalhadores. Nosso planejamento é uma forma de tiras estratégias para manter nossa luta contra estas barbáries apresentadas por Temer,” afirma o presidente da CNTSS/CUT.

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

« Entradas mais antigos