Adriano Soares entrega PCCS da Educação à Assembleia Legislativa

Projeto de Lei foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira; mais de seis mil servidores serão beneficiados

 

O secretário Estadual de Educação Adriano Soares entregou, nesta terça-feira (19), ao presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), deputado Fernando Toledo, o Projeto de Lei do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS) que contempla os servidores administrativos da Secretaria do Estado da Educação e do Esporte (SEE). O Plano, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (19), deve beneficiar seis mil servidores, entre ativos e inativos.

Soares entrega documento para Alexandre Toledo.

Ao receber o documento das mãos do secretário Adriano Soares, o presidente Fernando Toledo disse que dentro de 30 dias o PCCS deve ser levado aoplenário para apreciação dos deputados. “Como esse Plano vem sendo discutido com a categoria desde o ano passado e foi muito bem elaborado pelos técnicos da Secretaria, acredito que não deverá sofrer mudanças, mas a possibilidade de emendas existe, até porque essa é uma prerrogativa parlamentar”, explicou Fernando Toledo.

Na entrega do documento ao presidente da ALE, além do secretário e técnicos da Secretaria, compareceram o deputado Edval Gaia, líder o governo na Casa, e o secretário adjunto de Articulação Política, Fábio Rodrigues, representado o governo do Estado. Após a entrega do PCCS, o secretário Adriano destacou o compromisso do governador Teotonio Vilela com aqualidade da educação pública em Alagoas.

Conquista –  Conforme Adriano, o Plano é uma conquista dos servidores do apoio e administrativo e representa o crescimento salarial através do aperfeiçoamento da formação destes profissionais. “O PCCS foi resultado de um diálogo com os servidores e com o sindicato da categoria, que apoiou a iniciativa. Trabalhamos com seriedade e buscamos o melhor para os servidores, corrigindo distorções do plano anterior de 2008”, ressalta o secretário.

Ainda segundo Adriano Soares, a Secretaria irá possibilitar o crescimento rápido dos profissionais do apoio e administrativo por meio da realização de cursos dentro do programa Inova Educação. “Estes cursos darão condições para um crescimento rápido na carreira e, consequentemente, o servidor irá sentir no bolso o resultado desta conquista”, afirma.

De acordo com o chefe da unidade dos direitos, deveres e vantagens da Secretaria, George Paes, após a aprovação do PCCS, a pasta divulgará o cronograma dos cursos de formação voltados aos servidores do apoio e administrativo que farão parte do Inova Educação. O prazo para a divulgação é de 30 dias após o Projeto de Lei ser sancionado pelo governador Teotonio Vilela Filho.

O Projeto de Lei – O Projeto de Lei implementará novos parâmetros de progressão funcional, atendendo aos anseios e reivindicações dos profissionais da Educação. “A tabela de subsídios garantida pelo PCCS foi elaborada e aprovada pelos próprios servidores da Educação. Ela propõe o crescimento salarial do servidor através de sua formação continuada, ou seja, o subsídio será um estímulo para o seu aperfeiçoamento”, explica George Paes.

Os cargos contemplados com o PCCS atendem os níveis Fundamental e Médio. São eles: Auxiliar de serviços diversos; Auxiliar administrativo; Fotógrafo; Aderecista; Artífice; Motorista; Vigia; Merendeira; Agente Administrativo; Assistente de Administração; Oficial de Apoio Técnico e Educador Social.

Secretários Escolares – Nesta quinta-feira (21), técnicos da Secretaria de Educação se reúnem para iniciar os estudos técnicos para a elaboração e implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS) para os secretários escolares. Posteriormente, a proposta será encaminhada ao Secretário de Estado da Educação, Adriano Soares.

 

Matéria retira do site Primeira Edição.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *