ALE cobra gastos do Fecoep

Governo não presta contas de recursos arrecadados por Fundo Estadual de Combate à Pobreza

 

Por: REGINA CARVALHO – GAZETAWEB

A sessão plenária de ontem da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) foi mais uma vez marcada por críticas ao governo estadual. O deputado Judson Cabral (PT) cobrou mais transparência do Poder Executivo na aplicação dos recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). Segundo ele, o governo não comprova a forma como a verba tem sido aplicada em prol dos mais necessitados em Alagoas.

“São cinquenta milhões de reais que poderiam estar socorrendo o agricultor, que sofre com a estiagem em Alagoas”, afirmou o parlamentar, acrescentando que o governo do Estado “certamente usará este recurso no próximo ano, quando teremos novas eleições”.

Ainda ontem, os efeitos da seca em municípios do interior que, inclusive, já decretaram situação de emergência, dominaram os debates no plenário do Legislativo.

CRISE NO SERTÃO

Outro a fazer uso da palavra foi o deputado Ronaldo Medeiros, que requereu mais apoio a agricultores do semiárido alagoano. “O governo do Estado precisa socorrer os produtores da Bacia Leiteira, que também estão sofrendo muito com a seca. Participei de reuniões com os agricultores, que estão insatisfeitos. Se não houver empenho do poder público, não mais haverá animais para se desenvolver a produção. É preciso se pensar em subsídio para o setor, como foi feito com o sucroalcooleiro” avaliou.

Matéria retirada do Jornal Gazeta de Alagoas on-line.
Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *