Brasil Mais Seguro fracassou, diz deputado

Parlamentares na ALE culpam os governos federal e estadual

 

Por: DAVI SOARES – REPÓRTER

15/05/2013

 

Apesar de os governos federal e estadual “celebrarem com velas” a sensível e inconstante “redução das mortes violentas em Alagoas”, parlamentares aliados às duas esferas do Executivo afirmaram ontem que fracassou no Estado o programa Brasil Mais Seguro, executado pela parceria dos governos da presidente Dilma Rousseff e do governador Teotonio Vilela Filho (PSDB).

As declarações foram dadas durante a sessão de ontem da Assembleia Legislativa Estadual (ALE), quando o deputado Jeferson Morais (DEM) ocupou a tribuna e fez críticas às campanhas pelo desarmamento da população, em detrimento de ações mais efetivas de combate à criminalidade.

No final de seu discurso, o deputado partidário do vice-governador José Thomaz Nonô (DEM) disse que aproveitava a presença da secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki em Alagoas para relatar os problemas na execução do Brasil Mais Seguro no Estado.

“Ela [Miki] é uma estudiosa, uma acadêmica no assunto, cujas ideias não foram aplicadas ainda. São tão somente teorias. E quero aproveitar e dizer a ela que, pelo que eu vi até agora, esse plano Brasil Mais Seguro fracassou. Procurem outra forma… Estabeleçam outras diretrizes, porque o plano que foi implantado no Estado de Alagoas fracassou e não vai adiante”, sentenciou Jeferson Morais no final de seu discurso.

Matéria retirada do jornal Gazeta de Alagoas online.
Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *