Maternidade do Hospital Universitário está lotada

Por: MARCOS RODRIGUES – REPÓRTER

 

O sufoco das gestantes em trabalho de parto, em Maceió, continua. Ontem, o Hospital Universitário (HU) enfrentou superlotação, com grávidas ocupando todos os leitos e cadeiras reclináveis, nos corredores.

“Lamentavelmente estamos internando de qualquer jeito, mas é uma situação de desespero. Agora (ontem à tarde), está pior do que pela manhã, porque estou com os dez leitos de UTI sendo usados, mas, na verdade, temos uma demanda de quinze pacientes precisando de tratamento intensivo”, contou Lúcia Amorim, coordenadora da maternidade do HU.

No setor de pré-parto, onde as mulheres aguardam o momento da cirurgia, há doze leitos, mas, até o início da noite, já contava com vinte mulheres internadas.

A demanda de mães que procuraram o HU é da capital. Ou seja, poderiam ser atendidas em qualquer outra maternidade contratualizada pela Secretaria de Saúde de Maceió.

Ontem, parte das mulheres que procuraram o HU já teria sido encaminhada para a unidade pela equipe da Santa Mônica, que também apresentava lotação, em especial para as pacientes de alto risco.

Matéria retirada do Portal Gazeta Web.
Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *