Menores infratores tentam escapar de novo da Unidade de Internação

Monitores evitaram fuga e clima permanece em alerta nos alojamentos

 

Thiago Gomes

12/09/2013

 

Uma nova tentativa de fuga foi registrada na Unidade de Internação de Menores (UIM) no início da manhã desta quinta-feira (12). Da mesma forma que aconteceu nessa quarta-feira, adolescentes infratores foram impedidos de escapar pelos monitores do Núcleo Estadual de Atendimento Socioeducativo (Neas) quando se prepararam para pular o muro. Não houve registro de motim, segundo a Secretaria de Estado de Promoção da Paz (Sepaz), mas o clima permanece tenso desde a confusão.

Menores infratores tentam escapar de novo da Unidade de Internação (Foto: Livia Leão)

À Gazetaweb, a assessoria de imprensa da Sepaz confirmou que alguns internos aproveitaram o momento em que os alojamentos foram destrancados para o café da manhã e se dirigiram para a área que dá acesso ao muro.

Atentos, os monitores agiram rapidamente e impediram que os adolescentes fugissem. Como aconteceu nessa quarta-feira, sempre que há tentativa de fuga sem êxito há possibilidade de revolta por parte dos demais. Para evitar a repetição da confusão, os servidores tomaram medidas para evitar o contato dos que tentavam escapar com os outros internos.

A assessoria de imprensa da secretaria garantiu que não há clima de motim dentro da Unidade de Internação de Menores, mas afirmou que os monitores estão em alerta para quaisquer movimentações fora da rotina e das regras dos alojamentos.

Há, atualmente, 50 menores infratores que cumprem medidas sócio-educativas, conforme informou a Sepaz. Nessa quarta-feira, todos se revoltaram depois que cinco adolescentes tentaram fugir, mas foram impedidos pelos funcionários. Alguns subiram no muro e atiraram pedras para o lado de fora. Dentro da UIMA, pelo menos quatro alojamentos foram revirados. Após uma manhã inteira de negociações lideradas pela polícia, Juizado da Infância e Juventude e Secretaria da Paz, os menores se acalmaram e o motim controlado.

 

Reprodução Gazetaweb.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *