Movimentos lançam jornada de lutas em apoio a Alagoas

Uma passeata será realizada na Rua do Sol, no Centro de Maceió

 

Em prol de Alagoas, Movimentos sociais iniciam jornada

Os movimentos sociais, entidades e sindicatos continuam suas manifestações em repulsa ao caos governamental vivenciado em Alagoas. Nesta quinta-feira (18), a Jornada de Lutas foi oficialmente lançada nas ruas.

Os manifestantes compareceram em massa à Praça Sinimbu, no Centro de Maceió. Com faixas e cartazes criticando a falta de estrutura na saúde, educação e segurança pública, o movimento iniciou uma caminhada pela Rua do Sol, passando pelo Palácio República dos Palmares, sede do governo.

O representante do Movimento Sem Terra, Rafael Soriano, disse que há uma expectativa de que duas mil pessoas participem deste ato. José Roberto Silva, da direção nacional do MST, destacou que é importante levar ao conhecimento da sociedade o índice de violência contra quem trabalha no campo.

“O governo federal parou de implantar as políticas públicas de reforma agrária. O governo do estado segue no mesmo ritmo. Quando não há investimentos para as famílias que sobrevivem do plantio e colheita, os crimes vão acontecendo. Para piorar a situação, o Judiciário não pune em tempo hábil quem comete os delitos”, salientou Zé Roberto.

A Central Única dos Trabalhadores, o Sindprev, o Sinteal e partidos políticos também marcaram presença na jornada de lutas. De acordo com Estevão Oliveira, presidente municipal do PT, existe um cronograma de ações que estão sendo colocadas em prática.

No próximo dia 26, um novo ato será realizado. Consta na programação uma grande manifestação no dia 1° de maio, Dia do Trabalhador. “Diante de tantos desmandos do governo Teotonio Vilela[PSDB], a sociedade precisa reivindicar seus direitos que estão sendo retirados ou privatizados. Saúde e segurança, por exemplo, é algo constrangedor em Alagoas”, destacou.

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Alagoas levaram faixas demonstrando suas insatisfações com o governador e com o secretário da pasta, Adriano Saores.

 

Matéria retirada do Site Tribuna Hoje.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *