MPF: ‘PEC 37 só interessa a quem comete crimes’

Dado importante é que dois parlamentares alagoanos tem interesse na aprovação da Proposta

Da Redação 12 Abril de 2013

 

Sobre a PEC 37, a Tribuna Independentevem em suas edições explicitando ao cidadão alagoano diversos pontos de vista sobre a restrição ao Ministério Público. Ontem, o procurador da República, Rodrigo Tenório foi à TV Pajuçara para robustecer a defesa dos Ministérios Públicos.

Rodrigo Tenório explica que a PEC vai gerar impunidade

Para ele, a aprovação da PEC “vai gerar impunidade”. Questionado a quem poderia interessar a passagem da proposta, ele não titubeou e disse que “essa proposta só interessa aos criminosos, por isso já vem sendo chamada de ‘PEC da Impunidade’. Somente os autores de ilícitos penais tem interesse na limitação dos órgãos na investigação de crime”, pontuou.

Dado importante é que dois parlamentares alagoanos tem interesse na aprovação da PEC 37, os deputados Artur Lira (PP) e Chico Tenório (PMN) solicitaram a votação na Câmara Federal do Deputados – em março e abril, respectivamente. Eles se somam a outros 300 deputados, com denúncias feitas pelo Ministério Público e tem peculiar motivação para a extinção dos poderes do órgão ministerial.

Conforme Rodrigo Tenório, a PEC-37 contraria todos os avanços conquistados no combate à corrupção nos últimos anos no Brasil, já que concentra nas mãos de delegados a prerrogativa de presidir investigações criminais. “É necessário que a sociedade diga não a PEC 37”, ressaltou o procurador.

 

Matéria retirada do Site Tribuna Hoje.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *