Servidores do DER em Alagoas recebem diárias com valor fixo mensal

Órgão gastou R$ 1,6 milhões com o benefício o ano passado

 

 Por Gilca Cinara

 

Uma consulta no Portal da Transparência do Governo de Alagoas pode revelar diversas surpresas e questionamentos sobre a distribuição de diárias para servidores estaduais.

Nesta semana, o CadaMinuto recebeu uma denúncia sobre uma possível festival de diárias no Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Somente no ano passado, o órgão gastou cerca de R$ 1,6 milhões, somente com diárias para viagens dentro do estado.

Em apenas três meses de 2013, o montante gasto pelo DER com diárias já ultrapassa mais de R$ 250 mil.

No Portal da Transparência, a reportagem constatou que alguns servidores receberam valores de diárias iguais todos meses no ano passado. Como exemplo, um agente administrativo do órgão recebeu R$ 10.800 em diárias, valor pago divido em 12 vezes, sendo R$ 900, ao mês.

O valor de R$ 900, o servidor recebeu divido em duas parcelas uma de R$ 480 e outra de R$ 420, pagas no mesmo mês. Assessores técnicos, artífice rodoviário, ajudante de oficina e um datilógrafo, além do cargo de agente administrativo, estão entre os servidores que receberam diárias entre R$ 11 e R$ 9 mil.

Realizando um levantamento do valor gasto com diárias pelo Departamento de Estradas e Rodagens, o órgão estadual se posiciona como primeiro da lista que mais gasta verba com o benefício. Em 2011, as diárias totalizaram em um valor de R$ 1,56.

A assessoria do DER emitiu uma nota explicando os gastos com as diárias, mas não soube explicar quanto aos pagamentos fixos com o mesmo valor para os servidores todo mês.

Leia a nota

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/AL) é um órgão rodoviário que atua essencialmente com base em serviços que exigem um deslocamento constante de engenheiros, técnicos, operários e agentes de trânsito por toda a malha rodoviária do Estado.

Entre estas ações, estão inclusos trabalhos de fiscalização de trânsito, operações de conserva rotineira de rodovia, tapa-buraco, implantação de rodovia, entre outros. Tais serviços são realizados, muitas vezes, segundo um calendário mensal e permanente.

Dessa forma, a concessão de diárias não configura qualquer situação irregular, mas torna-se apenas um instrumento de apoio, necessário à execução das atividades de responsabilidade do órgão nas mais diversas regiões do Estado.

 

Matéria retirada do site Cada Minuto.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *