SINDPREV e comunidade protestam contra fechamento do Mini Pronto Socorro do Jacitinho

Em mais um protesto contra a intenção do governador Renan Filho (PMDB) de fechar os mini pronto socorros de Maceió, o SINDPREV-AL, juntamente com a comunidade do Jacitinho,  protestaram na tarde desta sexta-feira (13) pelas ruas do bairro do Jacintinho. O protesto questiona o fechamento do Mini Pronto-Socorro João Fireman. O protesto é contra projeto da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) de transformar o local em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A comunidade teme que a mudança prejudique a qualidade do serviço de saúde.

O mini Pronto-Socorro já funciona há 30 anos, e é o maior posto de atendimento do Jacintinho. O mini Pronto-Socorro conta com 4 médicos e um dentista 24 horas, enquanto a UPA só teria dois médicos, um para adultos e outro para crianças. Este último não trabalharia à noite. Outras especialidades não seriam oferecidas.

O número de leitos também cairia, dos atuais 16 para 11. Um dos funcionários do João Fireman, Daniel Torres, que tem participado das conversas com o governo sobre o projeto, afirma que apesar do tempo e da falta de investimentos, o mini pronto-socorro ainda atende à população de forma satisfatória.

jaca jaca2 jaca3 jaca5 jaca6 jaca7 jaca8 jaca9 jaca10 jaca11 jaca12 jaca13 jaca14 jaca15 jaca16 jaca17 jaca18 jaca19 jaca20 jacintinho gazeta

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *