8º Encontro de funcionários (as) organizado pela CNTE renova luta por valorização

Realizado na última semana em Maceió, encontro reuniu representantes de todo o país, e fortaleceu a unidade e mobilização

Escrito por: CNTE

31/07/2013

 

Após três dias de trabalhos intensos, ricas discussões e troca de experiências entre estados de todo o Brasil (e até uma representação internacional, do Uruguai), funcionários (as) da educação encerraram o 8º Encontro Nacional com um saldo de propostas a serem encaminhadas e o fôlego renovado para a luta por valorização e por uma escola pública de qualidade, o evento foi realizado entre os dias 24 e 26 de julho em Maceió.

“Esse foi um dos melhores encontros que nós já fizemos. Teve uma participação muito grande nos debates”, comemora o coordenador do DEFE, Edmílson Lamparina. Ainda segundo ele, “foi grande também pela representatividade, apenas três estados não estavam aqui, isso engrandece a representação do DEFE nos sindicatos. Muito positivo pelos pontos que discutimos aqui. Pensamos o dia-a-dia dos funcionários não só para melhorar condição de vida deles, como proporcionar também uma melhoria na educação pública do país, no caminho de torná-la socialmente referenciada”.

Muito além do salário

Vendo a educação como uma prioridade, a discussão foi muito além das questões individuais. Financiamento, gestão democrática, projetos de lei, formação e valorização, e até conjuntura política foram temas presentes. Em todas as mesas, o debate foi marcado por muitas intervenções dos participantes, que foram construindo o debate cada vez mais completo, pensando a realidade dos diversos locais.

Contra o PL da escravidão

Durante todo o evento, a terceirização esteve presente nos debates. Foi fortalecida a posição contraria ao PL 4339, que requer mobilização para que não seja aprovado. Experiências muito parecidas em diversos lugares do país deixaram ainda mais clara a necessidade de unificação e enfrentamento a esse que foi definido pelos trabalhadores como o PL da escravidão.

Como foi realizado na capital alagoana, o encontro teve, além do cenário paradisíaco da orla marítima, uma pequena mostra da cultura nordestina com algumas apresentações de músicos locais ao longo do encontro. A representante do DEFE em Alagoas, Darcir Acioli, reconhece a importância da realização do evento no Estado. “É muito significativo para os funcionários e funcionárias da educação de Alagoas sediar um encontro tão fundamental como esse. Recentemente enfrentamos dificuldades que só provaram o quanto é importante fortalecer a categoria com união e consciência de luta. Saímos fortalecidos deste encontro, e em todo o Brasil reafirmamos a força da nossa categoria”, disse ela.

Sandra Lucia Lira (UFAL), Milton Canuto (Vice Presidente da CNTE), Marta Vanelli (Secretária Geral da CNTE), Jacy Afonso (Secretário de Organização e Política Sindical – CUT), João Monlevade (Consultor do Senado Federal), Maria Cristina Madeira da Silva (IFAC), Ione Vasquez (Professora Doutora da UnB), Fátima Cleide (Ex-senadora da República) e Luiz Dourado (UFG). Esses foram os palestrantes que deram início aos debates. A ex-senadora Fátima Cleide recebeu inúmeras demonstrações de carinho e admiração em reconhecimento ao mandato que trouxe tantos avanços e reconhecimento para a categoria.

Na plenária final, realizada na noite do dia 26, foram encaminhadas as propostas para transformar a discussão em luta por concretização das propostas. O espírito democrático prevaleceu, e as divergências de opinião só tornaram o debate ainda mais rico. “O que nós fizemos aqui foi importante para a vida de muitas pessoas. Nós vamos lutar para implementar tudo o que foi discutido aqui”, finalizou Lamparina.

Veja a galeria de fotos

Reprodução CUT Nacional.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *