Denúncia: Serviços do Ministério do Trabalho em Alagoas praticamente paralisados

Desde a interdição do prédio-sede da Superintendência Regional de Trabalho e Emprego (SRTE) pelo Corpo de Bombeiros, os trabalhadores alagoanos estão sofrendo. Praticamente todos os serviços como: Fiscalização nas empresas, homologação de rescisão trabalho do trabalhador que não tem sindicato, entre outros estão paralisados. Apenas os serviços de emissão de carteira profissional e seguro desemprego estão funcionando provisoriamente no Shopping Maceió.
Os funcionários do Ministério do Trabalho em Alagoas estão insatisfeitos com a inoperância e falta de perspectiva. Além disso, os funcionários também não estão conseguindo trabalhar devido a precariedade do espaço, localizado no prédio Walmart, no Centro de Maceió. Nem mesmo internet funciona.
Diante desse caos administrativo e falta de informação sobre o futuro, o SINDPREV-AL, em comum acordo com os servidores, decidiu denunciar a situação e procurar a bancada federal alagoana, com a esperança de encontrar uma solução para o problema. O Sindicato também vai procurar o Clube dos Diretores Logistas (CDL).
Lembrando que desde 2009 que o SINDPREV-AL denuncia a situação precária de serviços no Ministério do Trabalho em Alagoas, inclusive com diversas ações no Ministério Público.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *