Eleição de Feliciano para presidir CDH da Câmara causa desconforto geral

Publicado em Segunda, 11 Março 2013 00:06

 

O presidente da Câmara Henrique Alves deve discutir com colegas deputados a situação da CDH e a possibilidade de troca do comando do colegiado nesta segunda-feira (11)

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) pediu, neste domingo (10), o afastamento do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara. Em nota, o conjunto de entidades informou ter elaborado uma moção de repúdio contra o parlamentar paulista por causa das declarações públicas dele e o processo enfrentado no Supremo Tribunal Federal (STF).

A CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, representada por suas secretarias de Políticas Sociais, Mulher Trabalhadora e Política de Promoção da Igualdade Racial também se manifestou contra a eleição do deputado na última quinta-feira (7).

Em nota de repúdio, a CTB disse ser “inaceitável que a CDH fique nas mãos de alguém que irá lutar contra qualquer avanço em direção ao reconhecimento dos direitos humanos no Brasil, uma matéria ainda tão frágil em nosso país.”

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve discutir com colegas deputados a situação da CDH e a possibilidade de troca do comando do colegiado nesta segunda-feira (11).

Desde a semana passada, a comissão tem gerado noticiário negativo para a Casa com a indicação e consequente eleição do deputado para presidir o colegiado. Sábado (9), centenas de pessoas protestaram contra Feliciano em dez cidades brasileiras.

 

Matéria retirada do site DIAP.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *