GEAP alerta sobre tentativas de golpes

Autor:SINDPREVS/RN

24/07/2013

 

A Fundação de Seguridade Social (GEAP) divulgou alerta relativo a associações de origem duvidosa que vêm encaminhando cartas aos peculistas afirmando sobre decisão favorável em Ação Civil Pública Coletiva para pagamento integral de pecúlio, e solicitando cópias de documentos para recebimento do referido benefício. “De posse de tais informações, os golpistas solicitam depósito de um percentual ou taxa sobre o suposto valor do benefício, para posterior liberação do recurso. Realizado o depósito, o estelionatário desaparece causando prejuízos financeiros às vítimas, além de utilizar seus dados para fins ilegais”, detalha o comunicado da GEAP.
Diante de tais constatações, a Fundação prossegue informando que:
– não solicita depósito para pagamento dos benefícios do Plano de Pecúlio Facultativo – PPF e nem envia representantes às residências de seus peculistas;
– não existe Ação Civil Pública Coletiva com êxito em relação a pagamento integral do pecúlio na aposentadoria, situação incompatível sob o ponto de vista contratual e regulamentar do PPF;
– peculistas devem suspeitar de toda promessa de concessão de benefício fora das regras do plano e não devem comparecer a endereços duvidosos e nem efetuar o repasse de informações pessoais a desconhecidos.
– em caso de dúvidas ou denúncias, entrar em contato com a Central de Atendimento da GEAP (0800 728 8300).
O Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Saúde e Trabalho do Rio Grande do Norte reforça o alerta e recomenda que, em caso de recebimento de comunicados de quaisquer tipos de entidades suspeitas que solicitem dados, documentos ou depósitos em dinheiro para a concessão de benefícios, sobretudo ganhos em ações judiciais, o associado deve procurar atestar a veracidade das informações e, se necessário, entrar em contato com o SINDPREVS/RN para orientação e esclarecimentos.

 

Reprodução SindPrev RN.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *