Servidores do MTE-AL paralisam atividades e exigem melhores condições de trabalho

Paredes do prédio-sede do MTE-AL estão com infiltração e com umidade em praticamente todas as salas; problema é antigo

srte srte2 srte3 srte4 srte5 srte6 srte7

drt drt2 drt3 drt4 drt5

Os servidores do Ministério do Trabalho e Emprego em Alagoas (MTE/AL) paralisaram as atividades nesta sexta-feira (25) por melhores condições de trabalho. A categoria reivindica uma reforma no prédio-sede da Superintendência Regional de Trabalho e Emprego em Alagoas (SRTE-AL).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Seguridades Social e Trabalho (Sindprev), Célio dos Santos, o prédio, localizado no Centro de Maceió, não oferece as mínimas condições par ao trabalho, além de colocar em risco a saúde dos trabalhadores e do público em geral. “Não é de hoje que estamos enfrentando esse tipo de situação, que já se arrasta há muitos anos. O problema é que a União não está reformando os seus imóveis, que, na maioria das vezes, ficam abandonados, gerando transtornos para a sociedade”, disse.

Segundo os trabalhadores da superintendência, as paredes do local estão com infiltrações e com umidade em praticamente todas as salas, além de rachaduras e outras irregularidades. Além disso, os arquivos do órgão estão sendo armazenados de maneira irregular e correm o risco de se deteriorar devido às más condições.

Caso as reivindicações não sejam atendidas, a categoria pretende realizar paralisações constantes.

  • Com informações do site: http://7segundos.ne10.uol.com.br
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *