Sindicatos convocam greve geral para 11 de novembro

pec10

Fonte: brasil247.com

Sindicalistas de diversas áreas decidiram ontem, em reunião na sede da CUT (Central Única dos Trabalhadores) em São Paulo, por uma escalada nas paralisações no país, começando por uma greve geral no dia 11 de novembro, diz reportagem do Valor. O ato será a primeira etapa dos protestos sindicais contra as reformas impostas pelo governo do presidente Michel Temer.

“São contra o modelo de reforma da Previdência que estabelece idade mínima para aposentadoria e equiparação entre homens e mulheres. Também são contra a ideia de uma reforma trabalhista que flexibilize normas da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ou faça com que o negociado entre patrão e empregado prevaleça sobre o legislado.

Além disso, protestam contra a PEC 241 defendida pelo governo Temer, a proposta de emenda constitucional que fixa um teto de gastos do governo pelos próximos 20 anos.

Segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, a ideia da jornada é criar “um acúmulo de forças” contra todas essas propostas. Ele prevê que alguns sindicatos conseguirão fazer o dia inteiro de greve em 11 de novembro. Outros farão paralisações parciais, de uma hora.

Uma segunda rodada de greves e paralisações será feita no dia 25 de novembro, decidiram.”

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *