Solidariedade aos colegas do INSS agredidos por segurados durante exercício da função

Diretores do SINDPREV-AL e trabalhadores do INSS em Alagoas realizaram atos públicos de solidariedade aos colegas agredidos recentemente por segurados nas Agências do INSS Ary Pitombo e Monte Máquinas.

A gravidade do sistema de atendimento do INSS em Alagoas é gritante. No início da semana passada o SINDPREV-AL denunciou um flagrante da falta de servidores para atender o acúmulo de pessoas na agência Monte Máquinas, no Tabuleiro do Martins. Guichês de atendimentos vazios e um número muito grande de segurados à espera de atendimento.

Uma situação ainda mais grave aconteceu quando uma servidora do INSS sofreu uma agressão com tapa no rosto na Agência Ary Pitombo. O agressor reclamou da demora no seu atendimento. A servidora tem mais de 60 anos de idade e mais de 40 anos de serviços prestados ao INSS. O agressor foi preso em flagrante pela PM e entregue à Polícia Federal. Ao pagar fiança, o agressor foi solto, mas foi enquadrado no Estatuto do Idoso.

Outro caso foi denunciado nessa quinta-feira pelo presidente do Sindprev, Célio dos Santos. “Um segurado jogou uma pasta de documentos em uma médica perita no posto de atendimento Monte Máquinas, localizado no bairro do Tabuleiro, em Maceió.

Os casos de agressão, falta de servidores e, consequente, precariedade no atendimento levou o SINDPREV-AL a procurar a direção do INSS em Alagoas e cobrar uma solução urgente para os problemas.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *