TCU OFERECE SALÁRIO ACIMA DE R$ 12 MIL

13/08/2013

 

As regras para o concurso do Tribunal de Contas da União, que vai preencher 29 vagas de auditor federal de controle externo, foram lançadas ontem. Pessoas com deficiência vão concorrer a um posto. Apenas graduados de nível superior — ou habilitação legal equivalente em qualquer área— poderão se candidatar ao cargo. O salário é de R$ 12.076,90.


As inscrições poderão ser feitas de 19 de agosto a 3 de setembro pelo site ww.cespe.unb.br/concursos. A taxa de participação é de R$ 120,00. É imprescindível o número do CPF do candidato para efetuar a inscrição. A primeira etapa do concurso será composta de provas objetivas e discursivas, provavelmente em 13 de outubro. Os exames e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência serão feitas em Brasília (DF), Macapá (AP), Manaus (AM), Cuiabá (MT), Belém (PA) e Porto Velho (RO). Os aprovados deverão fazer curso de formação, aplicado apenas em Brasília.


Procurador

Também abriu concurso a Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE/GO). Os candidatos devem ser formados em direito e estar inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). São 25 vagas para o cargo de procurador. O salário ofertado é de R$ 20.332,87.


O concurso será realizado em quatro etapas, compostas por provas objetiva, discursiva, oral e de títulos. Entre os temas que serão abordados nos exames estão as seguintes área do direito: constitucional, administrativo, previdenciário, civil, agrário, urbanístico, ambiental, processual civil, tributário, financeiro e do trabalho.


As inscrições estarão abertas entre 26 de agosto e 24 de setembro, pelo sita www.pge.go.gov.br. A taxa será de R$ 337,37.


Abstenção de até 34,8% 


Cerca de 20% dos candidatos a uma vaga na Polícia Rodoviária Federal deixaram de comparecer à prova, no último domingo. O equivalente a 21,6 mil pessoas. Com a abstenção, a concorrência para cada posto caiu de 109 para 88. Os aprovados receberão salários iniciais de R$ 6,1 mil. Já no concurso para gestor em políticas públicas do Ministério do Planejamento, 3,4 mil dos 9,8 mil inscritos não fizeram o exame, marcando 34,8% de desistências. A remuneração oferecida é de R$ 13,4 mil. No fim de semana, aconteceram também os testes para as seleções da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e do Ministério Público do Trabalho (MPT). Ao todo, 23,7 mil estudantes se inscreveram para concorrer às vagas ofertadas pelos dois órgãos. No entanto, até o final da tarde de ontem, as bancas organizadoras não haviam contabilizado o número de faltantes nesses certames.

 

Brasília.

 

Reprodução Blog do Servidor, Correio Braziliense.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *