Após pressão da CNTSS e Sindicatos, INSS retira suspensão das 30 horas

30 horas2

O SINDPREV-AL, através do seu diretor, Célio do Santos, que esteve em Brasília na luta pela manutenção das 30 horas de trabalho, em turnos no INSS. No entender do SINDPREV-AL e da CNTSS, o Ministério Público Federal está equivocado, por desconhecer que o turno estendido, mais que uma conquista da luta dos trabalhadores é o meio que a administração pública, neste caso o INSS, encontrou para manter as agências do Órgão atendendo o público por um período de 12 horas ininterruptas. Logo a manutenção destas providências acabará por trazer enormes prejuízos à sociedade.

O Diretor do Sindprev, Célio dos Santos participa das negociações em Brasília

O Diretor do Sindprev, Célio dos Santos participa das negociações em Brasília

A nossa Confederação envidará esforços para que esta medida recomendada pelo MPF e adotada pela Direção do Órgão, não traga mais problemas para os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social.

Em reunião ocorrida na última quarta-feira (27), em Brasília entre a CNTSS, demais entidades nacionais, e a cúpula do INSS, foi feito um intenso debate  sobre os dados técnicos e políticos do “sucesso” dos turnos estendidos para os trabalhadores e população brasileira, além da fragilidade da relação entre o sucesso dos Turnos Estendidos e a falta de defesa do INSS.

O pronto atendimento à recomendação do MPF foi observado como um golpe aos direitos e conquistas dos servidores do INSS que atendem nas APS sem a devida “vontade” administrativa em buscar os dados técnicos que demonstram que os turnos estendidos representa o MELHOR MODELO DE GESTÃO do que o modelo ultrapassado de 40 horas. Após os debates, o INSS enviou mails aos servidores informando que irá fazer a defesa dos turnos estendidos junto ao MPF e SUSPENDEU A SUSPENSÃO.

O SINDPREV-AL fez a defesa da MANUTENÇÃO DOS TURNOS ESTENDIDOS, por ser a garantia de uma MELHOR QUALIDADE DE VIDA aos servidores e MAIOR AGILIDADE NOS ATENDIMENTOS para a população que busca os serviços do INSS.

Nova Reunião
Na sexta-feira, 01, o Ministério do Planejamento estará recebendo o GT DO SEGURO SOCIAL para discutir a INCORPORAÇÃO DAS GRATIFICAÇÕES

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *