Após novo assalto a carteiro, sindicato cobra mais segurança em AL

Em apenas três meses, nove casos foram registrados no Estado.
Sindicato cobra novas estratégias de segurança para combater casos.

01/03/2013 10h17 – Atualizado em 01/03/2013 10h39

 

Três homens armados roubaram, na noite da última quinta-feira (28), um carteiro dos Correios, enquanto o trabalhador fazia entregas no bairro do Vergel do Lago, em Maceió. Foi o 9º assalto registrado envolvendo carteiros em Alagoas, desde o início do ano. Em 2012, as estatísticas apontaram apenas dois casos.

O funcionário, identificado como Fernando Pereira da Silva, 56, teve, além das mercadorias que iriam ser entregues, uma bolsa contendo seus documentos e cartões de crédito levado pelos assaltantes que fugiram a pé.

Apesar de uma equipe da Polícia Militar ter sido acionada para efetuar buscas na região, os suspeitos não foram localizados.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios em Alagoas, José Balbino, falou que a empresa está sendo cobrada desde os primeiros casos. Ele conta que o último assalto foge do padrão dos demais, onde eram utilizados carros e motos para surpreender os carteiros.

“Os carteiros ficam preocupados com a situação. Antes nós tínhamos que lidar com essa quadrilha, agora também nos deparamos com esse outro tipo de assalto. Nós nos reunimos com a direção da empresa, e percebemos que eles estão procurando resolver a situação. A polícia prendeu recentemente alguns integrantes da quadrilha, e isso nos deixa um pouco mais tranquilos, pois vemos o trabalho das autoridades”.

De acordo com Balbino, apesar do trabalho empreendido pela direção da empresa em parceria com a polícia, essa nova modalidade de assalto faz com que sejam feitas novas estratégias para combater essa ameaça. “Precisamos mudar essa realidade”.

 

Matéria retirada do Portal G1 Alagoas

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *