Após novo assalto a carteiro, sindicato cobra mais segurança em AL

Em apenas três meses, nove casos foram registrados no Estado.
Sindicato cobra novas estratégias de segurança para combater casos.

01/03/2013 10h17 – Atualizado em 01/03/2013 10h39

 

Três homens armados roubaram, na noite da última quinta-feira (28), um carteiro dos Correios, enquanto o trabalhador fazia entregas no bairro do Vergel do Lago, em Maceió. Foi o 9º assalto registrado envolvendo carteiros em Alagoas, desde o início do ano. Em 2012, as estatísticas apontaram apenas dois casos.

O funcionário, identificado como Fernando Pereira da Silva, 56, teve, além das mercadorias que iriam ser entregues, uma bolsa contendo seus documentos e cartões de crédito levado pelos assaltantes que fugiram a pé.

Apesar de uma equipe da Polícia Militar ter sido acionada para efetuar buscas na região, os suspeitos não foram localizados.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios em Alagoas, José Balbino, falou que a empresa está sendo cobrada desde os primeiros casos. Ele conta que o último assalto foge do padrão dos demais, onde eram utilizados carros e motos para surpreender os carteiros.

“Os carteiros ficam preocupados com a situação. Antes nós tínhamos que lidar com essa quadrilha, agora também nos deparamos com esse outro tipo de assalto. Nós nos reunimos com a direção da empresa, e percebemos que eles estão procurando resolver a situação. A polícia prendeu recentemente alguns integrantes da quadrilha, e isso nos deixa um pouco mais tranquilos, pois vemos o trabalho das autoridades”.

De acordo com Balbino, apesar do trabalho empreendido pela direção da empresa em parceria com a polícia, essa nova modalidade de assalto faz com que sejam feitas novas estratégias para combater essa ameaça. “Precisamos mudar essa realidade”.

 

Matéria retirada do Portal G1 Alagoas

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *