CNTSS/CUT está entre as entidades presentes ao Curso de Formação em Comunicação da CUT Nacional

Encontro, que reúne cerca de 30 dirigentes de todas as regiões do país, se estende até quinta-feira, 17, e debaterá a política de comunicação da CUT

A CUT – Central Única dos Trabalhadores desenvolve nesta semana, de 14 a 17 de outubro, mais uma etapa de sua política de formação no campo da comunicação sindical. Trata-se do “Curso de Formação para Comunicação”. Voltado para dirigentes de sindicatos, o curso terá ainda outros dois módulos, em novembro e dezembro, também em São Paulo, na sede da Cooperinca, em Cajamar. A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social está entre as entidades inscritas para este projeto.

A abertura do evento contou com a presença de Rosane Bertotti, secretária Nacional de Comunicação da CUT, de Wagner Iglésias, doutor em Sociologia e professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, e de Conceição Oliveira, do Blog Maria Frô. Bertotti reiterou que a proposta do curso é de ampliar e potencializar as ações de comunicação dos sindicatos e entidades cutistas. Ela viu com entusiasmo a participação neste primeiro módulo, seja pela quantidade, são cerca de 30 lideranças, seja pela diversidade, são entidades de todas as regiões do país.

“Vejo este encontro com muita alegria por saber do comprometimento dos companheiros e companheiras que aqui estão com a causa da comunicação. Este mês de outubro terá uma agenda muito rica para a discussão da democratização da comunicação em nosso país.Até o dia 20, diversos Estados realizarão atividades e coleta de assinaturas em favor de uma mídia mais plural, inclusiva e acessível a toda a população. Precisamos estar atentos e acompanhando esta programação,” destacou a secretária da CUT Nacional.

Entre os objetivos pensados para este curso estão os de criar uma rede de formadores em Comunicação da CUT; promover trocas de experiências na área de comunicação entre as entidades cutistas da região envolvida e parceiros, com vistas a construir uma identidade na política de comunicação; criar uma rede de comunicação da CUT, a partir de uma política de comunicação nas entidades cutistas pautada pela unidade de ação e discurso, que promovam a  imagem da Central na relação com os trabalhadores e a sociedade; potencializar a ação integrada entre a CUT Nacional, estaduais e ramos no campo da comunicação.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *