CNTSS/CUT se reúne em audiência com Ministério do Planejamento para discutir campanha salarial dos servidores do INSS

Confederação cobra que as propostas sejam formalizadas; lideranças exortam a manutenção da greve e fazem um chamamento para unidade entre as correntes do movimento sindical da Seguridade Social

Escrito por: Assessoria de Imprensa CNTSS/CUT

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social se reuniu nesta quinta-feira, 20/08, com o secretário de Relações do Trabalho do MPOG – Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Sérgio Mendonça, e Wladimir Nepomuceno, assessor da Secretaria. A Audiência teve como ponto central a resposta do governo federal à pauta de reivindicações da campanha salarial nacional dos servidores do INSS – Instituto Nacional do Seguro Social.

Em nome da Confederação, estiveram presentes as lideranças que compõem o Comando de Greve, assim representado: Sandro Alex de Oliveira Cezar, presidente; Raimundo Cintra, secretário de Organização;  Célio Santos e Mauro Plácido, da Direção Executiva. O encontro, que aconteceu na sede do Ministério do Planejamento, em Brasília, teve início com os representantes do governo federal fazendo a apresentação verbal das propostas à pauta da campanha salarial.

Os pontos detalhados por Sérgio Mendonça dizem respeito aos seguintes temas: a gratificação de Desempenho de Atividade da Carreira do Seguro Social – GDASS; progressão e Promoção na Carreira do Seguro Social para 12 (doze) meses; instrução Normativa nº 74/PRES/INSS, de 3/10/2014; jornada de 30 horas;  greve de 2009; reestruturação da Carreira do Seguro Social; orientação Normativa nº 06/SEGEP/MP, de 18 /03/13; parcelas e percentuais de revisão remuneratória (relatório completo segue abaixo).

Os representantes dos trabalhadores reiteram a necessidade de que as propostas detalhadas pelo governo federal sejam encaminhadas em forma de documento para avaliação dos trabalhadores nos Estados. O secretário de Relações do Trabalho se comprometeu a formalizá-las nos próximos dias. A Confederação aguardará a nova Audiência para definir os procedimentos que serão tomados com referência a esta questão.

Em avaliação feita sobre a Audiência – íntegra também se encontra no relatório abaixo -, as lideranças dos trabalhadores expõem que o movimento grevista deve ser mantido e intensificado. Só desta forma os trabalhadores podem chegar à vitória. Também é feita uma citação para a unidade entre as várias correntes do movimento sindical. Neste sentido, a Confederação reitera que se mantém aberta ao diálogo.

“Lançamos aqui um chamado a unidade entre as mais diversas correntes de pensamento que existem no movimento sindical da Seguridade Social, pois a quem interessa a divisão da categoria em greve a mais de um mês em busca de conquistar os seus direitos? A unidade dos trabalhadores é fundamental, sempre construímos o movimento nos espaços onde estamos, nunca deixamos de lutar, agora as razões para tanta agressividade, deve ter algum motivo oculto, muito longe com certeza dos interesses dos trabalhadores”, aponta o relatório.

Para finalizar, o documento ainda orienta os sindicatos dos servidores federais filiados à CNTSS/CUT a realizarem assembleias nas unidades do INSS para fortalecer ainda mais a disposição da categoria.

Clique sobre esta linha e acesse a íntegra do relatório da reunião com Ministério do Planejamento

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *