Em Maceió, ZERO de reajuste é inaceitável

rui

Ao dizer que não vai dar nenhum reajuste ao funcionalismo público, o prefeito de Maceió Rui Palmeira (PSDB) força os sindicatos a decretarem GREVE por tempo indeterminado. Ainda mais quando todos temos conhecimento dos milhões gastos pela prefeitura com propagandas enganosas no rádio, TV, sites e jornais. Dinheiro público usado para marketing político do atual prefeito que tem interesse em se candidatar a governador em 2018.
Sabemos que no último exercício fiscal, o Município de Maceió conseguiu um aumento de cerca de 8,2% no montante dos recursos arrecadados. Com isso, ao contrário do que o prefeito fala, ele pode sim conceder reajuste aos servidores.
Como um dos representantes da Saúde municipal de Maceió, o SINDPREV-AL convoca todos os servidores públicos municipais de Maceió a se engajarem na GREVE. Precisamos fazer com que a prefeitura entenda que não podemos pagar pelos erros administrativos e muito menos pela crise.
É inaceitável que a prefeitura, simplesmente, aponte com ZERO de reajuste. Isso significa um arrocho salarial, perdas inflacionárias e redução do poder de compra de todos os trabalhadores municipais.
A GREVE é um instrumento legítimo de pressão, onde os trabalhadores têm o direito de manifestação.
Neste momento, o SINDPREV-AL solicita da prefeitura de Maceió que sente à mesa para negociar um reajuste digno para a categoria.
Os servidores estão abertos a negociação, desde que seja feita em bases reais, com números, respeitando o direito de GREVE e garantindo que não haja prejuízos para os trabalhadores.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *