Plenária Nacional da CNTSS define estratégias para greve Nacional dos servidores federais

Dirigentes do DF, AL, SP, GO/TO, GO, RJ, PE, PB, SE e MA estiveram participando da Plenária Nacional da CNTSS, ocorrida em Brasília, onde se discutiu a deflagração de greve nacional, a partir dos posicionamentos dos sindicatos dos estados presentes. Os representantes alagoanos na Plenária foram os seguintes: Célio dos Santos, Petrúcio, Jobson e Chico Mata.
Inicialmente, foi apresentado um quadro nacional das mobilizações e greves das diversas categorias dos servidores federais. Em seguida, foram discutidas as propostas expostas pelos representantes sindicais de cada estado.
No final do debate as seguintes decisões foram aprovadas:

1 – Os servidores do Ministério da Saúde de alguns estados decidiram iniciar a greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira, dia 05/07;
2 – Outros estados definiram que a deflagração da greve acontecerá até o dia 13 de julho, cuja data será definida em assembleia específica da categoria;
3 – No caso dos servidores da Anvisa, a data já está marcada para o dia 16/07;
4 – Em relação aos servidores do INSS e da Previdência Social, ficou acertado que a categoria deve aguardar os resultados da reunião das entidades nacionais com o governo que deverá dar respostas às reivindicações aprovadas no Grupo de Trabalho do Seguro Social. A CNTSS orienta a todos os sindicatos de sua base a fazerem assembleias em seus estados no período de 06 a 13 de julho;
5 – No dia 18/07, em Brasília, ocorrerá nova Plenária Nacional da CNTSS específica para discutir as mobilizações dos servidores da Previdência Social;
6 – Dia 20 de julho a CNTSS convoca os servidores do Seguros Social e do TSP para uma caravana a Brasília.
As negociações com o governo não avançaram e a greve é a saída encontrada para que a categoria continue lutando pelos seus direitos e reivindicações. Será uma greve diferente com estratégias de mobilização que permitam um diálogo mais amplo com a sociedade.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *