Pressão de Assistentes Sociais e Sindicatos obriga governo a recuar e manter Serviço Social na nova estrutura do INSS

Unidade da categoria foi fundamental para a vitória

reunião6reab4audiencia7audiencia5

A decisão do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) de manter o Serviço Social na nova estrutura do INSS, modificando a proposta inicial do novo Regimento Interno do órgão, através da Portaria nº 414, de 28/09/2017 é uma demonstração de que a luta vale a pena. Essa medida do governo acontece depois de uma intensa e movimentada reação da categoria, particularmente das/as Assistentes Sociais.
Aqui em Alagoas, o SINDPREV-AL, legítimo representante da categoria esteve ao lado das/os Assistentes Sociais desde o início, inclusive divulgando uma nota pública em solidariedade aos/as trabalhadores/as do Serviço Social e do setor de Reabilitação Profissional do INSS. Além disso, nosso Sindicato realizou diversas reuniões com entidades representativas da categoria, entregando documentos ao presidente do INSS onde reafirma a necessidade do Serviço Social na estrutura do INSS e também a importância deste setor para todo o sistema de Seguridade Social.
O recuo do governo foi resultado das diversas mobilizações das entidades representativas da categoria de assistentes sociais em todo o país, que expressaram sua indignação e revolta contra mais um ataque do governo aos direitos dos trabalhadores e dos segmentos sociais que mais precisam dos benefícios previdenciários e assistenciais.
O SINDPREV-AL parabeniza toda a categoria e entidades representativas por sua determinação na luta que resultou nesta importante conquista.
Nosso Sindicato vai continuar participando dos debates sobre o conteúdo do novo regimento interno do INSS, instituído pela Portaria 414 do MDSA, publicada no dia 28 de setembro.
Reafirmamos nossa disposição de permanecer na luta contra qualquer medida que prejudique o Serviço Social, o INSS como um todo e o conjunto dos seus servidores.
Resumo das ações:
Dia 20 de setembro, reunião com as presenças de representantes do SINDPREV-AL, Comissão de Assistentes Sociais, representações do Núcleo de Reabilitação Profissional (NRP) e representantes do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e o Conselho Regional de Psicologia.
Dia 21 de setembro, audiência com o Superintendente Regional Nordeste e Gerente Executivo do INSS-AL, o SINDPREV-AL, juntamente com uma representação das (os) Assistentes Sociais do órgão foi entregue um ofício da entidade cobrando a valorização e o reconhecimento da importância estratégia do Serviço Social no INSS.
Também no dia 21 de setembro, durante inauguração da APS Boca da Mata, o SINDPREV-AL e uma Comissão de Assistentes Sociais do INSS entregaram um documento ao ministro Marx Beltrão e ao presidente do INSS, Leonardo Gadelha. Este documento contém as principais reivindicações da categoria, além de uma defesa enfática do INSS e da Previdência Social.

No dia 27/09 representantes das Assistentes Sociais participaram da Audiência Publica, em Brasília.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *