Proposta apresentada pelo governo para os servidores do INSS

Relatório da audiência com o ministro da Previdência, Garibaldi Alves; o presidente do INSS, Mauro Hauschild; e o secretário Executivo da Previdência Social, Carlos Gabas.

Os representantes da Fenasps apresentaram ao ministro as degradantes condições de trabalho no INSS, que têm levado ao adoecimento grande parte da categoria, ocasionado pelo ritmo intenso do trabalho e o cumprimento de metas inatingíveis, além do fluxo excessivo de segurados que tem lotado as APSs na chamada demanda espontânea.

A Federação expôs que não houve avanço efetivo nas resoluções do Grupo de Trabalho porque os representantes do governo não quiseram discutir as questões econômicas. Havendo, assim, um grande retrocesso nos debates sobre a incorporação da GDASS para reduzir a diferença abismal entre os valores pagos no vencimento básico e na gratificação de desempenho.

O governo concordou em constituir uma Comissão com representes dos trabalhadores do INSS para discutir as condições e o ritmo de trabalho.

Em setembro será realizada reunião entre o governo e as entidades para avaliar o turno estendido e a viabilidade de ampliá-lo para as demais APSs em todo País. Os representantes da Federação reafirmaram, mais uma vez que a reivindicação é para que seja estendido para todos trabalhadores do Seguro Social.

A Federação externou sua indignação pela maneira como a Federação foi tratada pelo secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Eduardo Mendonça, que desmarcou cinco reuniões em que seriam discutidas as questões dos servidores do Seguro e Seguridade Social e que até aquele momento não tinha apresentado a proposta oficial de correção salarial para o Seguro Social.

Os representantes do governo se comprometeram a verificar esta questão junto ao MPOG. O que de fato ocorreu na noite de ontem, 28 de agosto de 2012, com a apresentação de uma tabela de valores com a correção de 15,8% para os trabalhadores do Seguro Social.

Em relação às questões do GT/Plano de Carreira, o ministro informou que será realizada uma reunião, a ser confirmada, no dia 03 de setembro de 2012, para concluir os trabalhos.

O Comando Nacional de Greve, considerando a necessidade de fazer a discussão destas questões dos trabalhadores, está encaminhando as tabelas com correção salarial para ser analisada pela categoria nos estados até o dia 01 de setembro e convoca reunião ampliada, com representantes dos estados, no dia 02 de setembro de 2012, na sede da Fenasps, às 10:00h.

Sinsprev/SP

A proposta do governo será debatida na reunião do comando Estadual do INSS do Sinsprev/SP na próxima sexta-feira, dia 31 de agosto de 2012, às 18 horas, na sede do Sindicato (Rua Antônio de Godoy, nº 88 – 2º andar – Metrô São Bento).

Veja a tabela do Seguro Social:

2013

2014

2015

Brasília, 29 de agosto e 2012

Comando Nacional de Greve

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *