Salgadinho: Servidores paralisam maior posto de saúde de Alagoas

salgadinho salgadinho2 salgadinho3 salgadinho4 salgadinho5 salgadinho6

Veja também cobertura da imprensa:

http://www.tribunahoje.com/noticia/145178/cidades/2015/06/16/salgadinho-servidores-paralisam-maior-posto-de-saude-de-alagoas.html

http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia/maceio/2015/06/16/325253/servidores-paralisam-atendimento-no-pam-salgadinho-durante-esta-terca

http://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2015/06/ato-fecha-pam-salgadinho-em-maceio-contra-falta-de-estrutura.html

http://www.alagoas24horas.com.br/900305/por-falta-de-condicoes-minimas-servidores-fecham-pam-salgadinho/

http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=396778&e=13

http://cadaminuto.com.br/noticia/270472/2015/06/16/atendimento-no-pam-salgadinho-e-suspenso-com-protesto-de-servidores

 

O Posto de Atendimento Médico do Salgadinho (PAM Sagadinho) está com as portas fechadas desde o início da manhã de hoje. O SINDPREV-AL, sindicato que representa a categoria da Saúde alega falta de condições mínimas de trabalho. Os servidores dizem que já foram assaltados várias vezes enquanto trabalhavam e que até mesmo luvas de proteção contra infecções estão em falta no Posto.

Veja abaixo uma carta aberta divulgada pelo Sindicato:

Nós trabalhadores/as do Posto de Atendimento Médico (PAM) Salgadinho vimos a público denunciar o verdadeiro caos que vivemos todos os dias.
A situação é totalmente inaceitável e insustentável. Não temos as mínimas condições para o atendimento que a população merece. Até mesmo luvas descartáveis estão em falta para realizar os procedimentos mais básicos do nosso dia-a-dia. Praticamente todos os serviços de diagnósticos estão paralisados devido a falta de condições.
Outra realidade nefasta é a falta de segurança. Estamos tendo o dissabor de sermos assaltados e roubados dentro das dependência do PAM, por absoluta falta de uma segurança efetiva. Bandidos invadem o Posto e roubam funcionários em plena luz do dia. Isso não pode continuar.
Exigimos da Prefeitura Municipal de Maceió; do Governo do Estado e do Governo Federal imediata solução para essa situação caótica e de insegurança que vivemos todos os dias.
Não podemos continuar desta forma, nos expondo a violência e riscos a nossa própria saúde, já que materiais básicos de proteção individual, como luvas simplesmente estão em falta.
Temos um compromisso com a população alagoana, sabemos da importância deste Posto para a Saúde do Estado, mas não aguentamos mais. Estamos, literalmente, pedindo socorro e denunciando essa insustentável situação de abandono do PAM Salgadinho.
Solicitamos o apoio da população, dos órgãos fiscalizadores, como Ministério Público, no sentido de pressionarem os gestores da Saúde a resolverem essa situação preocupante.
Por fim, reafirmamos nossa luta por uma saúde pública de qualidade e que atenda todos/as da melhor forma possível.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *