Secretário nega pagar reajuste aos servidores estaduais e Movimento Cutista aponta a luta como saída

Em reunião com o Movimento dos Sindicatos Cutistas, realizada nesta terça-feira (4), o secretário Estadual de Planejamento, Carlos Cristians Reis Teixeira, mais uma vez, disse que o governo não tem condições de pagar o reajuste tendo como base o IPCA, que é de 9,28%. Embora o governo tenha recebido os sindicalistas, lembramos que ele vem protelando desde de maio uma decisão sobre a reajuste do funcionalismo estadual. Como sempre, o representante do governo alegou instabilidade do governo federal, crise financeira e Lei de Responsabilidade Fiscal.

Portanto, aos trabalhadores do setor público alagoano não resta outra alternativa a não ser tomar as ruas, realizar manifestações, paralisações e todas as medidas de mobilização que acharem para fazer com que o governo entenda que o funcionalismo merece respeito e precisa ser atendido nas suas reivindicações, que são mais do que legítimas. O SINDPREV-AL foi representando pela companheira Olga Chagas.

movimento movimento2 movimento3 movimento4

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *