Servidores da Saúde reivindicam abertura de 90 leitos no HGE

protesto3

Servidores da saúde ligados ao Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social (Sindprev) realizam um protesto na manhã desta terça-feira, dia 19, em frente ao Hospital Geral do Estado, no bairro do Trapiche da Barra. Os manifestantes revindicam a abertura de uma ala com cerca de 90 leitos, que permanecem fechados desde a construção, há dois anos.

De acordo com a sindicalista Lúcia Maria dos Santos, do Sindprev, o não funcionamento da ala se dá pela incompetência do governo do Estado que não consegue instalar o sistema de refrigeração do hospital. “A Secretaria de Saúde não consegue entregar os leitos à sociedade por causa de uma peça do ar condicionado”, acusa o Sindprev.

O protesto, que acontece em frente ao HGE, com a utilização de carro de som, ignora qualquer legislação sobre volumes de som próximo a unidades hospitalares. Os manifestante informaram que pretendem realizar a inauguração simbólica da ala, com a presença de uma banda de fanfarra.

A reportagem do Alagoas 24 horas entrou em contato com a Sesau e foi informada que o impedimento para a inauguração da ala não se trata de uma ‘peça de ar condicionado’ e sim da central de refrigeração que será instalada no local, além dos compressores, que são importados da Alemanha e que após a compra foi detectado um erro quanto às especificações. A assessoria da pasta confirma, no entanto, o prazo de dois anos para a instalação de central e liberação dos leitos.

 

A expectativa de Secretaria é de que os equipamentos cheguem até o final dessa semana e o início da instalação se dê de forma imediata.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *