Servidores de Maribondo aprovam paralisação de 72 horas

Trabalhadores da Saúde e Assistência Social de Maribondo decidiram realizar uma paralisação de advertência de 72 horas, caso suas reivindicações não sejam atendidas pela gestão municipal. Os trabalhadores querem pagamento de salários atrasados, que em algumas categorias já estão indo para o terceiro mês de atraso salarial. Os trabalhadores cobram também da gestão o pagamento de terços de férias e o décimo terceiro referente a dezembro de 2015. Após as 72 horas da paralisação de advertência, os/as servidores podem decretar greve por tempo indeterminado.

greve greve2

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *