Servidores do INSS repudiam fim do Ministério da Previdência e denunciam desmonte

Em uma assembleia histórica, realizada nesta sexta-feira (21), servidores do INSS em Alagoas definiram uma série de manifestações contra o fim do Ministério da Previdência Social e o desmonte completo do INSS.

Por determinação do presidente interino Michel Temer (PMDB), o INSS passou a pertencer ao Ministério do Desenvolvimento Agrário visando à privatização da Previdência Social cuja parte lucrativa será vendida pelo Ministério da Fazenda às seguradoras internacionais. Previdência fatiada para vender seguradoras à classe média no Ministério da Fazenda e o INSS sucateado gerenciando políticas focais para pobres.

Este movimento inicial é apenas o indicador do que virá em seguida: um maior rebaixamento dos valores e teto dos benefícios previdenciários, maior desvios dos recursos do orçamento  da seguridade social para outros fins e total impulso da previdência complementar privada. Ou seja,  a priorização do atendimento dos interesses do capital financeiro em detrimento da proteção social dos trabalhadores. Surpresa não foi, isto, na realidade, é apenas a materialização do golpe no âmbito das políticas sociais apresentando-se desde o primeiro dia! É uma amostra dos desafios e lutas que teremos pela frente! Não poderemos aceitar  este desmantelo. A seguridade social é uma conquista dos trabalhadores no processo constituinte de 1988. Esta medida tenta fragmenta-la mais ainda. Não podemos aceita-la.
À luta em defesa da seguridade social! À luta em defesa da Previdência Social Pública

inss inss2 inss3 inss4 inss5 inss6 inss7 inss8 inss9 inss10 inss11

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *