Ambulantes do Shopping Popular voltam ao Centro

 

Lojas do shopping passaram a ser usadas apenas como depósito, diz SMTT

09:56 – 25/02/2013, Renée Le Campion

A Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) quer a cassação da permissão dos ambulantes que têm pontos no Shopping Popular, mas continuam vendendo mercadorias nas ruas do Centro de Maceió. Nesta semana, o órgão promete intensificar a operação de apreensão de produtos daqueles que tentam comercializar de forma irregular.

Centro de Maceió

De maneira discreta, os ambulantes têm tentado retornar às ruas do Centro. “Eles ficam com os produtos na mão, mas alguns carregam tanta mercadoria que acabam deixando cair peças no chão. Poucos foram flagrados com equipamentos de montagem, fixados em único lugar’, disse o diretor de Fiscalização e Posturas da SMCCU, Jamerson Oliveira.

Segundo ele, os camelôs aproveitaram o período do Carnaval, quando a fiscalização da SMCCU é direcionada para festas e eventos, para voltar a vender nas ruas.

Muitos dos flagrados no Centro foram beneficiados com boxes no Shopping Popular, mas têm usado o local apenas para estocar os produtos. “O Shopping Popular acabou sendo apenas um local de estoque para alguns dos que vendem ali, pois eles saem para comercializar nas ruas”, explicou Jamerson.

Nesta semana, a SMCCU deverá ter uma reunião com a Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), administradora do Shopping Popular, para sugerir que os ambulantes que têm comercializado de forma irregular no Centro percam a permissão para atuar no local.

Nas últimas semanas, o órgão tem feito operações pontuais de “limpeza” para a retirada dos ambulantes das ruas. Os produtos dos comerciantes foram apreendidos pela SMCCU, e só são devolvidos mediante a abertura de um processo no órgão e o pagamento de multa.

Caso não seja apresentada nota fiscal, a mercadoria é doada pela prefeitura para instituições filantrópicas.

“SMCCU não vai permitir ambulantes no Centro”

Desde que foi aberto ao público, em julho do ano passado, o Shopping Popular tem registrado um movimento fraco, segundo os ambulantes. Eles afirmam que tiveram queda nos lucros após deixarem as ruas do Centro.

Mesmo com as reclamações, a SMCCU diz que não vai permitir o comércio de ambulantes no Centro de Maceió, conforme recomendado pelo Ministério Público do Estado.

Em outubro do ano passado, a Promotoria do Meio Ambiente recomendou que o órgão “promova a imediata desocupação dos espaços públicos localizados no centro revitalizado do município de Maceió, bem como o impedimento de novas ocupações, através de reforço na fiscalização da área, garantindo, destarte, o direito público de ir e vir”.

“Eles [os ambulantes] são pessoas boas, de bem. Mas nós vamos seguir o MP e iremos intensificar a fiscalização nos próximos dias”, finalizou Jamerson.

 

Matéria retirada do Portal TNH1

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *