Após pressão dos sindicatos e da sociedade, Câmara de Maceió devolve à prefeitura Projeto de Lei sobre Insalubridade

O Projeto de Lei, encaminhado à Câmara Municipal de Maceió pela prefeitura e que congelaria o Adicional de Insalubridade, sofreu inúmeras críticas, tanto de sindicatos, como de vereadores. Diante da total rejeição, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) anunciou, durante reunião com representantes sindicais da qual estava o SINDPREV-AL, que o Projeto tinha sido retirado da pauta.

A reunião aconteceu devido as manifestações dos trabalhadores e também da sociedade em geral, pressionando o prefeito e os vereadores a retirarem o PL.

O SINDPREV-AL foi representado pelo seu presidente, Célio dos Santos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *