Atos contra rede Globo e por #LulaLivre são realizados em Maceió

Movimentos populares ligados às frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo realizam um dia nacional de luta contra a manipulação midiática da rede Globo e pela liberdade imediata de Lula, um preso político

 

Nesta terça-feira (17), dia que marca dois anos do golpe midiático-parlamentar-jurídico que destituiu Dilma Rousseff, uma presidenta legitimamente eleita por 54 milhões de votos, movimentos populares ligados às frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que reúne entidades como CUT, CTB, MST e MTST,  realizam um dia nacional de luta, com protestos espalhados pelo Brasil.

Em Maceió foram realizados dois atos: um ecumênico, em frente ao Tribunal de Justiça de Alagoas – Praça Deodoro, e outro em frente a TV Gazeta de Alagoas, afiliada à Rede Globo de Televisão. Na capital de Alagoas, em Maceió, organizações do campo e da cidade foram na porta da TV Gazeta, afiliada da rede Globo no estado, para denunciar o golpe e a prisão política de Lula, condenado sem crimes nem provas.

Os trabalhadores (as) realizaram um ato ecumênico em frente ao Tribunal em memória às vítimas de Eldorado dos Carajás e contra a seletividade da Justiça.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *