Não há data para reforma no PAM Salgadinho

Redes elétrica e hidrossanitária serão substituídas

 

O Posto de Atendimento Médico do Salgadinho será reformado, mas ainda não será desta vez que aquela unidade de saúde, uma das mais importantes da rede pública municipal, em Maceió, terá seus espaços ampliados. A reforma é básica, inclui apenas a substituição das redes elétrica e hidrossanitária, mas de tão precárias as condições do posto, só isso já vai garantir melhorias na estrutura de atendimento médico na capital.

Ainda não há uma data definida para o início das obras no PAM  Salgadinho. Ao anunciar a obra, na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde previu que o trabalho começaria em 20 dias, mas até ontem os setores responsáveis não tinham uma definição. “O que está definido é que o trabalho não vai exigir a suspensão do atendimento”, disse, ontem, o diretor do PAM, médico Rogério Bernardo.

Significa, explica ele, que o posto não será fechado, e os usuários continuarão sendo atendidos normalmente. O Salgadinho tem capacidade para atender 28 mil pessoas por mês, mas por causa dos problemas que resultaram da falta de investimentos e manutenção, são feitos 18 mil atendimentos.

 

Matéria retirada do Portal Gazeta Web.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *