Procon orienta consumidor sobre greve nos Correios e bancos

Objetivo da recomendação é evitar maiores prejuízos para quem depende dos serviços postais para pagar contas

 

20 Setembro de 2013

Diante da paralisação dos servidores do Correios, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor, Procon Alagoas orienta os consumidores com o objetivo de evitar maiores prejuízos para quem depende dos serviços prestados pela empresa.

Com a greve, consumidores precisam de outro meio para receber contas

O órgão estadual de defesa do consumidor informa que os fornecedores que enviam as cobranças por correspondência postal são obrigadas a oferecer outra forma de pagamento que seja viável ao consumidor, como internet, fax, segunda via na sede da empresa, número do código de barras, depósito bancário entre outras.

Os consumidores devem recorrer a canais alternativos como internet, casas lotéricas e terminais de autoatendimento.

O Procon/AL – órgão vinculado a Secretaria da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos – orienta aos consumidores que sabem a data de vencimento de suas contas procurem a empresa para solicitar opções viáveis de pagamento.

Para os consumidores que contrataram algum serviço dos Correios, havendo desacordo ou descumprimento na prestação de serviço, podem procurar o Procon/AL para solicitar eventual ressarcimento ou abatimento no valor pago pelo serviço mal oferecido pelos Correios.

Em caso de dúvidas, o Procon/AL pode orientar através do telefone 151. O órgão tem sede na Cincinato Pinto, 503 – Centro Maceió – AL, 57020-050, telefone/Fax: +55 (82) 3315-3796 ou pelo e-mail info@procon.al.gov.br (Por Assessoria)

 

Reprodução Tribuna Hoje.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *