Servidora denunciada pelo Fantástico é exonerada pela ALE

Joana d’Arc, além de receber salários da Casa Legislativa, também é beneficiária do Bolsa Família

 

30/09/2013

Gazetaweb

 

Um dia depois da exibição da matéria do Fantástico mostrando o pagamento irregular de servidores da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), uma das pessoas denunciadas, Joana d’Arc da Silva, foi exonerada da Casa de Tavares Bastos. O ato foi publicado pela ALE no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30).

Joana D’arc ocupava o cargo de Assessor Administrativo Especial. Conforme denúncia veiculada no programa, ela, juntamente com o marido e a filha, tiveram 277 depósitos feitos pela ALE em suas contas, em um período de um ano e meio – entre janeiro de 2012 e junho de 2013. Um total de mais de R$ 1,6 milhão.

A reportagem também aponta que Joana é beneficiária do Bolsa-Família, programa federal que atende pessoas pobres, com renda de até R$ 70 por mês. O marido dela, Gildo, e a filha do casal, Iris, são secretários parlamentares e recebem o salário de cerca de R$ 12 mil cada um. Apenas Joana foi exonerada nesta segunda.

 

Reprodução Gazetaweb.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *