Servidores da Saúde municipal de Maceió protestam contra reajuste ZERO

Em mais uma ação de mobilização, servidores da Saúde municipal de Maceió realizam na manhã desta terça-feira (18) um ato público de protesto contra a intenção do prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) em não dar nenhum reajuste aos trabalhadores. O prefeito já declarou na imprensa que não vai conceder nenhum reajuste, ou seja, zero de aumento este ano. Palmeira alega que não tem recursos para o reajuste.

O SINDPREV-AL reitera que esta posição do prefeito é mentirosa, principalmente porque a prefeitura teve superávit nos últimos anos com relação as finanças.

No período de Janeiro de 2013 a abril de 2017, a Prefeitura Municipal de Maceió teve um aumento de 65,76% nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), sendo:
7,11% em 2013 – 10,61% em 2014 – 5,97% em 2015
17,22% em 2016 e de janeiro até abril de 2017 já recebeu 12,60% a mais de Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Já para os servidores públicos há uma perda inflacionária de 11,84% no período de 2013 a 2016.
Portanto, pelos números oficiais sabemos perfeitamente que a Prefeitura de Maceió tem sim condições de conceder reajuste aos seus servidores públicos.

 

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *