Servidores de Maceió não aceitam proposta de fome da prefeitura e marcam Assembleia para quinta-feira (7) em frente a Secretaria de Gestão

Em uma Assembleia Unificada que contou com a presença de centenas de servidores de Maceió, os trabalhadores rejeitaram a proposta de apenas 1,85%, apresentada pelo secretário de Gestão durante reunião anterior. Com isso, a categoria deu uma demonstração de unidade e força, podendo construir uma greve histórica, caso a prefeitura não apresente uma proposta melhor. Os trabalhadores cobram reajuste de 15% equivalente as perdas inflacionárias de 2017 e 2018.

Nesta quinta-feira (7) haverá uma nova rodada de negociação na Secretaria de Gestão, a partir das 14 horas. Como estratégia de mobilização, os trabalhadores devem se concentrar em frente ao prédio da SENGE e aguardar o desenrolar da reunião. Em seguida haverá uma grande Assembleia Geral Unificada, onde os trabalhadores devem deliberar os rumos do movimento.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *