SINDPREV-AL deve denunciar governo de Alagoas por não contratar reserva técnica da Uncisal

Uma comissão de trabalhadores da reserva técnica da Uncisal e diretores do SINDPREV-AL decidiram denunciar o governo do Estado de Alagoas por não efetivar a contratação de servidores concursados. A decisão aconteceu durante reunião realizada nesta terça-feira (26) no auditório do SINDPREV-AL.

Uma das insatisfações dos trabalhadores é o fato da Uncisal não ter apresentado a lista genérica ao SINDPREV-AL, apesar de inúmeros ofícios solicitando o dimensionamento da lotação genérica. Foi registrado ainda a falta de diálogo como reitor da Uncisal, Henrique Costa.

Como encaminhamento de mobilização os trabalhadores decidiram ainda realizar ações conjuntas para buscar agilizar todo o processo de efetivação dos concursados.

Outra deliberação prática tomada na reunião é de que o SINDPREV-AL e a comissão dos trabalhadores da reserva técnica irão procurar parlamentares que possam apoiar o pleito, além de denunciar o Estado por estar contratando ilegalmente profissionais de forma precária, mesmo tendo a reserva técnica com trabalhadores devidamente aprovados em concurso público. Esta prática ilegal fere o Regimento do Estado.

Participaram da reunião os diretores, Célio dos Santos (presidente), Olga Chagas (comunicação), Valda Lima (Secretária de Seguridade Social Adjunta) e o assessor Jurídico, Valdemir Agostinho.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *