Trabalhadores/as de Santana do Ipanema lutam por reajuste salarial e dignidade

Com uma negociação que já se arrasta há mais de dois anos, a Prefeitura Municipal de Santana do Ipanema vem deixando de lado o bem-estar dos seus funcionários, negando o sagrado direito de um reajuste salarial que venha a minimizar as perdas dos últimos anos. Lembrando que os trabalhadores amargam a falta de reajuste há três longos anos (2016, 2017 e 2018), somando uma perda salarial de 18,89% neste período.

No último dia 7 de junho/2018, finalmente a gestão apresentou uma ‘proposta’ considerada insuficiente de apenas 5% de reajuste salarial dos últimos três anos. Evidentemente que as categorias não aceitaram. Além disso, esses insuficientes 5% seriam sem pagamento retroativo a data-base que é no mês de abril.

Diante desta insensibilidade por parte da Prefeitura, cabe aos/as trabalhadores/as a luta por dignidade e salários. Estamos agora reivindicando 12% de reajuste para minimizar estas perdas. Sabemos que ainda não é o ideal, pois as perdas acumuladas representam 18%, mas podemos acenar com esta contra-proposta no sentido de agilizar as negociações.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *