Trabalhadores da Saúde e Assistência Social de Boca da Mata rejeitam reajuste de 2,9% apresentado pela prefeitura

Em Assembleia Geral trabalhadores da Saúde e Assistência Social municipal de Boca da Mata rejeitaram a proposta no percentual de apenas 2,9% apresentado pela gestão. A proposta da gestão também não previa o pagamento retroativo a maio em 2017, conforme a Lei da Carreira da Seguridade Social. Os trabalhadores aprovaram uma contraproposta no percentual de 5% com pagamento retroativo a maio de 2017 até a data de implantação do reajuste da data-base da categoria.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *